Moradores de conjunto habitacional denunciam más condições de casas e falta de rede elétrica e água em Montes Claros

Visualizações: 45
Avantgardia

Moradores de um conjunto habitacional localizado na zona norte de Montes Claros, próximo ao Bairro Vila Castelo Branco, denunciam más condições de imóveis populares que começaram a ser construídos em 2009 e nunca foram oficialmente entregues pela prefeitura. Além da situação das casas inacabadas, eles reclamam da falta de rede elétrica, de água e ligação de esgoto. A energia nas residências chega através de ligação clandestina e, de acordo com os moradores, nunca houve água nas torneiras.

Os habitantes invadiram os imóveis há seis anos. Eles viviam em áreas de risco, abaixo de uma rede elétrica instalada no Bairro Vila Castelo Branco, e foram orientados a sair das moradias pela Defesa Civil de Montes Claros há cerca de 10 anos. Segundo uma moradora de 32 anos, o problema que mais incomoda à população do conjunto habitacional é o da água.

“Se não tivesse luz, tudo bem. A gente daria jeito, voltaria para casa mais cedo, acendia vela. O problema é que as crianças não têm nem como irem para escola todos os dias, porque às vezes está muito calor e a gente prefere dar banho neles antes de dormir e guardar água das latas para cozinhar. A gente quer pagar pela água, mas não pode”, reclama Cleide Lorrane Alves da Silva.

Cleide tem três filhos, duas meninas, de 3 e 11 anos, e um menino de 9. Ela explica que precisa da ajuda de parentes que moram próximo ao Vila Castelo Branco para pedir água nos baldes e levar para casa em que mora com as crianças. “É duro porque a gente traz a água na cabeça. Muitas vezes a gente pede para as pessoas que têm água, e ninguém quer dar. Já ofereci para dividir a conta com um morador do bairro, mas ele não quis. Nem endereço a gente tem, como podemos fazer?”, questiona a moradora.

Comentários: 0

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *